Momento Escola = Gripes e outras Doenças na Escolinha

Oi gente tudo bem...   Hoje temos:



Olá...tudo bem com vocês

Sempre me perguntam se é verdade que quando a criança entra na escolinha ela vai ficar doente o tempo todo. Existe uma certa razão neste pensamento, já que a criança muito pequena ainda não tem a imunidade formada e está facilmente correndo risco de pegar vírus e bactérias,não só na creche,mas em qualquer lugar que ela frequente,até mesmo os próprios pais podem ser os transmissores dessa doenças!
Claro que muitos cuidados devem ser tomados no dia a dia da creche,como por exemplo a higienização das mãos das pessoas que cuidam dos bebês,mantendo um ambiente arejado, cuidando para que os brinquedos não passem de boca em boca e mantendo as crianças febris ou com alguma doença contagiosa afastada por alguns dias.
Infelizmente a criança vai acabar pegando alguma doença, isso é fato,os pais precisam entender que até as crianças que não frequentam escola também ficam gripadas! Associar e culpar apenas a creche pela doença da criança não vai ajudar em nada. É importante que a família faça a sua parte,não mande a criança com febre ou suspeita de doença infecciosa para a escola,até mesmo porque ela precisa de repouso e cuidados especiais. Se já é ruim para um adulto ir trabalhar com febre e dor de cabeça,imagine para uma criança.
Aos dois anos a imunidade da criança já está formada e ao entrar na escolinha já não vai ficar tão doente!




Segue um texto do pediatra Paulo Sérgio de Barros Ferreira, falando sobre as gripes:

"Em geral, crianças pequenas que frequentam creche ou escolinha ficam sim mais doentes. Nesses ambientes, as crianças estão em contato direto umas com as outras. Por serem pequenas, elas ainda estão desenvolvendo suas defesas através do sistema imunológico, e ficar doente faz parte do processo.

Por isso, na escola ou creche é mais fácil a transmissão de doenças. 
As principais vias de transmissão nesses ambientes são:

por via respiratória, ou seja, pelo ar (principalmente gripes, resfriados, estomatites etc.)
por via orofecal, no contato com superfícies contaminadas por fezes (principalmente viroses que provocam vômitos e doenças que causam diarreia)
pela pele (como impetigo, molusco contagioso etc).

Nos dias atuais, muitas vezes a única alternativa é deixar a criança em uma escolinha ou creche. Para diminuir o risco de uma criança ficar doente, cabem algumas recomendações no critério de escolha de onde deixar o seu filho:

-permanência de poucas crianças por sala para que não fiquem muito confinadas;
-ter boa ventilação, espaço adequado e receber sol;
-ter revestimentos dos pisos e paredes de fácil limpeza;
-os funcionários que cuidam das crianças devem ser bem treinados e orientados, e com a carteira de vacinação em dia, incluindo, de preferência, a vacina sazonal contra a gripe;
-haver comunicação clara e transparente entre a escola e os pais;
-ter como orientação não deixar crianças doentes frequentar a creche ou escolinha;
-ter supervisão pediátrica, para orientar funcionários e solucionar problemas de saúde que possam surgir. Não é necessário ter pediatra de plantão, a não ser que seja uma escola com um número muito grande de crianças;
-ter alguém preparado para cuidar de machucados, cortes e doenças simples, de preferência um profissional treinado na área de enfermagem, ou pelo menos alguém que tenha noções de primeiros socorros.
-analisar se os cuidados recebidos na creche são os mais próximos possíveis daqueles recebidos em casa.

Lembre-se também de manter a vacinação da criança em dia. E faça todo o possível para não mandar seu filho doente para a escola, para ele não contaminar as outras crianças e não correr o risco de pegar uma coisa diferente, já que estará meio debilitado.

Desde o princípio, já é preciso pensar num "plano B", uma alternativa para quando ele estiver doente e não puder frequentar a creche. Tomara que isso quase não aconteça, mas crianças são crianças e de vez em quando não tem jeito, ficam doentes mesmo.

Fonte:
http://brasil.babycenter.com/x5000070/beb%C3%AA-que-vai-para-a-escolinha-ou-creche-fica-mais-doente#ixzz39f0JB4oo


Por : Profa. Melissa Machado

 

Vocês podem me encontrar aqui:






E vocês o que acham desse assunto ?
Me contam aí :)
Bjinhos...
Comentários
21 Comentários

21 comentários:

  1. Esse momento é um momento delicado na vida da criança, mas é sempre importante tomar o máximo de cuidado e depois tudo se resolve.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

    ResponderExcluir
  2. Adorei as dicas e concordo com a Melissa, crianças ficam doentes independente de ir pra escola ou não, por isso o que vale mesmo são os cuidados dos pais com a criança e o ambiente!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Esta tbm é minha preocupação quando chegar a hora de levar minha pequena pra escola.
    Obrigada pelas dicas
    Beijos
    adri

    ResponderExcluir
  4. Com criança tem que ter cuidado redobrado né, em casa, na escola, na rua, em todos lugares. Ótimas dicas
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  5. ótimo post! Vai me ajudar muito essas dicas, já que ano que vem Heitor vai para escola! Adorei, muito esclarecedor!
    Bjos
    Tatty Nunes - Mãe de Primeira Viagem

    ResponderExcluir
  6. Uma fase como qualquer outra que tanto a mãe como a criança tem que passar. tem mães que não aguentam ficar longe dos seus bebês também. Sinceramente acho que desde o nascimento temos que cuidar com todo nosso amor e carinho, mas nunca esquecer que eles tem que aprender a viver. Parece forte, mas não é, temos que ter pulso firme com muito carinho, não é fácil, mas todas as fases serão difíceis, podem apostar. ;)
    Super beijo <3
    www.emnovoestilo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Lucas passou por momentos complicados no inicio da vida escolar, mas ganhou imunidade e hoje está super bem. É uma fase necessária.

    beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    São ótimas dicas, com toda certeza eu vou compartilhar e também vou levar pra minha vida, isto é, quando eu tiver meus filhos *-*
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Eu coloquei a minha filha na escola quando tive 3 anos, e tinha tantos receios por isso não a coloquei mais cedo, mas devia de ter colocado mais cedo.
    A escola era muito boa, assim como as professoras e atividades. Aprendeu tanta coisa e fez amiguinhos. Claro que ficou doente mas como referiu ela também ficava doente em casa.
    Eu sou a favor da escola.
    Beijo *
    http://metamorfosedalagarta.blogspot.pt

    ResponderExcluir
  10. Aqui ainda não passamos por isso. Mas escuto muito e vejo que ficam mais doentes mesmo. Mas em casa ou na escola estão propensos a ficarem doentes. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
  11. As crianças são bem sensíveis.
    Ainda não tenho filhos, mas esse post que vc fez é ótimo e me serve de alerta para qdo meu baby nascer.

    beijos
    www.beabadabeleza.com.br

    ResponderExcluir
  12. Adorei as dicas
    Eu coloquei o Gui quando ele ia completar 3 anos, então já havia tomado muitas vacinas então estava com o sistema um pouco mais forte, e ainda bem que essa fase de ficar doente uma semana sim e outra não não passamos :)
    Mas mmo assim sempre estou atenta e tomando cuidados necessários

    Bjs Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Adorei as dicas amiga .. tb pude esperar a Luma ter mais idade e ter tomado todas as principais vacinas antes de entrar na escolinha .. e agora os cuidados sao redobrados e quando ela começa a apresentar sinais nem mando pra outras crianças tb não pegarem .. bjs

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
  14. Ótimas dicas...
    Minha filha está no terceiro ano,sempre fico atenta a qualquer sintoma diferente,pelo bem dela e também de outras crianças.Elas são sensíveis de mais e todo cuidado é pouco.
    Bjs.
    www.annelices.com.br

    ResponderExcluir
  15. Criança sempre exigem muitos cuidados, na escola então cuidado redobrado
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi, adorei o post!
    Realmente associamos a creche e escolinha... mas por N coisas faz sentido ficarem mais gripadas e doentinhas, mas nada em exagero
    Se cada pai e mãe fizesse sua parte e não levasse a criança doente pra escola já ajudava muito
    bjs

    ResponderExcluir
  17. Momento bem delicado né. Tem que ter muitos cuidados.
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Que blog mais lindo , quanta fofura tem aqui *--*
    impossível não seguir <3
    Adorei o texto com as dicas quem não tem filhos tem sobrinhos primos e essas informações nunca são demais !!!
    Um super beijo *

    http://papo-deamiga.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Adoro essa dicas, quando tiver um filho vou saber de muitas coisas kkk, muito bom o post!
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Adorei o post, muito bem explicado!
    Dicas valiosas!
    Beijos!
    www.mahmaquiagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Sejam todos bem vindos!
Deixe seu comentário ele é o que alimenta meu cantinho :)
Vou ler com carinho e responder com alegrias
Bjinhos a todos

Leteia Bispo