Desfralde - Como se preparar e o que fazer no Momento Certo

Oi gente tudo bem...
Hoje vamos falar um pouco mais de desfralde
A Luma daqui uns dias não vai mais querer usar fraldas, ela já começou a tirar rss
Fica pelada...Que fofa...


O momento do desfralde normalmente vem acompanhado de muitas dúvidas; qual a idade certa, como perceber os primeiros sinais, como incentivar a criança a usar o penico, quais estratégias funcionam e quais não funcionam. Embora a hora certa chegue em diferentes momentos para cada criança, há algumas táticas e até atividades infantis, como a leitura de historinhas, que podem trazer benefícios e ajudar você e seu filhote nessa fase importante do desenvolvimento. Veja a seguir, como se preparar e o que você pode fazer quando o momento certo chegar.

Quando desfraldar?
Essa é uma pergunta bem comum, mas, a verdade é que não existe uma idade certa para o desfralde. Geralmente depois dos dois anos, atentar-se aos sinais físicos e ao comportamento da criança, por exemplo, como e quando ela faz xixi ou cocô, é o melhor jeito de reconhecer o momento adequado. Assim como andar e falar, toda criança vai responder de uma maneira diferente também à fase do desfralde.

Sinais físicos - Além de reparar na quantidade de xixi, se a criança faz bastante ou pouquinho por vez, observe quanto por tempo ela fica sequinha. Se isso ocorre por três ou quatro horas, significa que os músculos da bexiga já estão prontos para segurar a urina.

Em relação à evacuação, é recomendável verificar se os horários são previsíveis e se o cocô é mais sólido, visto que esses são sinais de que o esfíncter do ânus está desenvolvido. Outro detalhe a observar é a coordenação motora da criança, se ela anda e corre com firmeza, consegue se sentar por dois ou três minutos na mesma posição, abaixa e levanta as calças com facilidade.

Sinais cognitivos - Antes de tentar iniciar o desfralde, é importante que a criança seja capaz de entender instruções, discernir objetos e que tenha um senso básico de orientação, como por exemplo, saber buscar e colocar coisas em seus devidos lugares. Normalmente, quando a criança desenvolve essas habilidades, ela já sabe o que é xixi e cocô, e tende a comunicar ou dar sinais físicos de que está com vontade de ir ao banheiro.

Comportamento - Repare no comportamento da criança em relação aos hábitos de higiene, como por exemplo, se ela se incomoda quando está suja e pede para trocar, tem vontade de usar cueca ou calcinha, tem curiosidade sobre hábitos de higiene das outras pessoas da casa, e quer acompanhá-las ao banheiro e saber o que fazem nele. Todos esses sinais podem ser indícios de que o momento é apropriado, pelo menos, para tentar o desfralde.

Preparação – Quando notar esses sinais, você pode começar a apresentar o assunto para criança. Um bom jeito de fazer isso é através da leitura. Aproveite que nessa idade os pequenos adoram escutar historinhas para ler livros infantis que tratam do tema, como “A hora do penico”, que tem duas versões uma para menina e outra para meninos, e o famoso livro do ratinho “O que tem dentro da sua fralda”.

Encene as historinhas, use os exemplos e os recursos do livro para cativar a criança, ambos são bem coloridos e interagem com os pequenos de diferentes maneiras, o primeiro com adesivos de recompensa e com um formato de um assento de penico, e o segundo com abas, que as crianças precisam abrir para descobrir o que tem dentro.

Dessa forma, quando sentir que a criança está familiarizada o suficiente com o tema, você pode apresentá-la ao penico ou ao redutor de assento e propor que ela use esses recursos quando sentir vontade de fazer cocô ou xixi.

A hora chegou – Ter paciência é essencial nessa fase, não repreenda e não force a barra, isso só vai dificultar o desfralde, gerar trauma e, em alguns casos, até causar constipação na criança. Comece com o desfralde diurno e, depois, o noturno. Não tenha pressa, porque o desfralde é um processo de várias fases.

Algumas estratégias podem facilitar a sua vida, por exemplo, forre o sofá, o berço ou a cama com protetor de colchão. Se for sair de carro com a criança, forre a cadeirinha também. Garanta sempre na bolsa uma troca de roupa a mais (calcinhas, cuecas, meias, calçados incluindo uma camisetinha e calça). Uma toalha e lencinhos também ajudam.

Lembre-se, por mais cansativo que seja limpar xixi do chão ou das roupas, a melhor estratégia é o incentivo. O que é óbvio para os adultos, não é óbvio para a criança, ou seja, elas precisam se sentir apoiadas, compreendidas e estimulas, por isso, ao invés de repreender, comemore e elogie quando o seu pequeno conseguir fazer cocô ou xixi no penico. Afinal, vale comemorar juntos mais uma fase de desenvolvimento do filhote que está crescendo e se tornando cada vez mais independente da mamãe e do papai!



 "Texto produzido em parceria com a OMO"



E vocês já começaram ou fizeram o desfralde?
Me conta como foi
Bjinhos...
Comentários
23 Comentários

23 comentários:

  1. Apesar de ser uma desgaste muita vezes para os papais e mamães de primeira viagem, é uma fase linda, o meu filho começou com 2 anos, é nosso bebê crescendo, e para não estressar leve sempre na bolsa mesmo mais peças de roupas rsrs, bjs

    ResponderExcluir
  2. Acho que já tá na hora de tentar aqui em casa.
    Meu baby tá dando todos os sinais.
    Bjs !
    pordosolblog.blogspot. com.br

    ResponderExcluir
  3. A minha filha tem 2 anos e 4 meses e ainda não consegui tirar a fralda , ela não fala quando quer fazer, e quando vai fazer coco que fala, vamos no banheiro ela fala não mamãe fazer no chão. Ela faz na fralda aguachada. Eu não vejo a hora de tirar.

    Bjus

    Geri Ferreira
    http://geriencantodemenina.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. amiga Alycia começou o defralde com 2 anos, hj ela faz xixi e coco no vazo, vai pra escola sem fralda, porem a noite pra dormir ainda usa...
    amiga aqui a bella ja tira a fralda , mas isso nao quer dizer q ela ja vá desfralda é incomodo mesmo
    bjos

    ResponderExcluir
  5. Importante é persistir, essa tarefa não é fácil.

    bjokas =)

    ResponderExcluir
  6. Que post interessante, deu para aprender bastante. Minha pequena está com 1 ano e 10 meses, ainda não está na hora dela. Acho importante esperar o momento do bebe e ter paciência.
    Beijos
    http://mulhervirtuosaoblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Super adorei o post mto legal....e o que eu axo mais importante é sempre conversar com a criança sobre o que esta acontecendo ^^ ainda não sou mae mas quando engravidar o primeiro a blog a vasculhar vai ser este hahah ja sou fa agora imagina gravida kkkkkk beijoo

    Hoje tem esmaltação no blog!!!!
    Vem descobrir o esmalte que usei ^^

    http://www.blzinteligente.com/2014/04/plano-perfeito-estrela-cadente-esmalte.html

    ResponderExcluir
  8. Meu sobrinho está dando um pouquinho de trabalho kkkk, mas nesse momento a mamãe tem que
    ser muito paciente e compreensiva, muito bom o post!
    Beijos!
    islary34.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Eu acredito que essa tarefa não é muito fácil, mas ñ pode desistir.
    Bjus
    Jaque

    www.quebreiaregra.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu consegui o desfralde da Gi na boa, comprei o piniquinho e a cada vez que ela fazia ali a gente fazia uma festa, foi super fácil.
    Blog Coisas da Gigi
    FanPage do Coisas da Gigi

    ResponderExcluir
  11. Muito bacana o texto.
    Aqui em casa foi super tranquilo com o meu Vitinho, sem stress... No tempo dele mesmo...
    Ótimas dicas.
    Beijos
    Ju
    www.maesemfronteiras.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ótimas dicas, imagino que essa fase num é nada fácil!!
    Mais logo logo a Luma já estará sem fraldas!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Boas dicas, a dica que deixo no inicio legar a criança para o pinico/vaso com frequência pequena e depois ir aumentando o intervalo de tempo em levar a crianças.

    Tri-beijos Desirée
    https://astrigemeasdemanaus.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. Tudo depende mais de nós do que deles..... pois vão fazer o "certo" para nós.... no tempo deles. As crianças não tem entendimento sobre "segurar"o xixi..... e só vão fazer quando for o tempo deles. A paciência da mãe ou pai é o grande trunfo. Aqui, foi natural: Lara desfraldou sozinha, ela quis tirar a fralda com 1 ano e 7 meses.... e fez como quis. Bjus Coisas da Lara

    ResponderExcluir
  15. Cada criança tem seu tempo, aqui demorou, mas rolou naturalmente sem cobranças.

    beijos

    ResponderExcluir
  16. Muito legal o post, não imaginava que tem tantos fatores pra analisar na hora de desfraldar uma criança, muito legal.
    Beijos, boa semana

    ResponderExcluir
  17. é sim muito importante que continuemos
    com paciência e sem desistir
    amei as dicas
    Linda Noite
    beijokas da Nanda

    Sendo a mãe da Isa e da Gabi
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
  18. Adorei as dicas, estava mesmo precisando de umas dicas assim, eu ainda não comecei
    o desfralde aqui em casa estou esperando a Brenda completar 2 anos e meio, e ela está com 2 anos e e 2 meses, beijos!
    www.mahmaquiagens.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  19. Aqui o processo é lento, mas esperar o tempo deles é o mais importante, bjs

    ResponderExcluir
  20. Super interessante o post! Realmente o desfralde é uma fase bem complicada. As vezes o processo é bem lento e temos que ter muita paciência. No meu caso, Graças a Deus, foi tranquilo e não demorou muito. É só passar tranquilidade e confiança para o bebê. E depois que acontece o desfralde a criança fica bem mais independente, fora a economia de não gastar mais com fraldas! rsrs

    Lindo blog!
    Bjs

    Mari
    www.marisiqueira.com

    ResponderExcluir
  21. Amiga que post bacana, o Rafa ainda é novinho mas quando chegar a hora saberei o que fazer :)
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  22. Filha foi tão esperta desfraldei no calor e de forma muito tranquila o menino até seus três aninhos fazia xixi sentado rsrsr até que pedi ajuda para o meu irmão e deu tudo certo no final.
    Bju

    ResponderExcluir

Sejam todos bem vindos!
Deixe seu comentário ele é o que alimenta meu cantinho :)
Vou ler com carinho e responder com alegrias
Bjinhos a todos

Leteia Bispo